8 de Março – Dia Internacional da Mulher: O que Elas fizeram e fazem pelo Rock e pelos Homens?

Doro Pesch: Eternal Metal Queen

 No dia 8 de março, comemora-se o Dia Internacional da Mulher. Por tudo que lhes têm acontecido ao longo da História, elas merecem ter não somente um, mas todos os dias dedicados a elas, sem a menor sombra de dúvida. Dentro disso me pergunto: o que elas fizeram e fazem pelo Rock e pelos Homens?

 Fiz questão de trazer o assunto um pouco para o Rock, justamente para expor o alcance da discriminação contra a figura da Mulher. Trata-se de fato inegável que a participação da Mulher em diversos setores da sociedade tem aumentado exponencialmente década após década, e não foi diferente no mundo das guitarras distorcidas. Elas chegaram e começaram a se tornar tecladistas, bateristas, baixistas, guitarristas e, obviamente, incríveis vocalistas.

Joan Jett: Bad Reputation

 Durante muitos anos foram aprisionadas “fora” do Rock, cabendo-lhes “somente” o papel de fãs, namoradas, esposas, groupies e etc… Como algo tão libertário pôde chegar a cair em tamanha contradição nessa questão? Seja como for, elas se mostraram tão superiores quanto sempre foram. Romperam gradualmente mais essa barreira, mostrando ao mundo que seu talento também se estendia aos palcos e estúdios, e que não eram meros troféus, adereços, bonequinhas de luxo com a eterna obrigação de exibirem beleza, unicamente para satisfazer os desmandos e a lascívia masculina.

Janis Joplin: The Queen Of Rock´N Roll

 As mulheres têm sido tema recorrente em baladas de Rock desde o início de tudo? Sim, todos sabemos disso. Elas inspiraram e continuarão inspirando artistas apaixonados. Mas percebam que curiosa essa questão: são endeusadas em letras, riffs e solos, mas ainda precisam lutar desesperadamente contra o preconceito justamente dentro do nicho que as idolatra. Que mulher nunca foi indevidamente abordada por um idiota em um show? Que mulher já não se viu restringida de ficar um pouco mais relaxada em uma balada? Que mulher já não precisou enquadrar um imbecil usando palavrões e tom de voz agressivo, por conta do mesmo imbecil não saber ouvir um NÃO, e simplesmente enfiar o rabo entre as pernas e sumir? Em uma tribo que adora enaltecer as reais qualidades femininas, combater os estereótipos e fazer valer que todos são iguais, pertencentes a um só grupo, aposto que muitas de vocês já passaram, ou conhecem outras mulheres que passaram por isso e por coisas muito piores.

Tarja Turunen: Wishmaster

 A quantas injustiças e desonras foram submetidas, e ainda assim seguem fortes e determinadas… Quanto valor, fibra e bravura em cada um de seus pequenos atos diários de sobrevivência: arriscando, tentando, lutando, errando e vencendo. Corações e Almas muitas vezes dilacerados ao final de um dia de trabalho, mas ainda assim atenciosas, carinhosas e delicadas no reencontro cotidiano com seus homens. Fazem de suas vozes, palavras e afagos, um bálsamo para nossa existência. Nos trazem à Vida, nos geram, criam, educam, guiam… Nos dão um caminho, motivação, coragem. Amor. Em um mundo cruel e perigoso, assumem o papel de mães, filhas, esposas, guardiãs e musas. Vocês são uma ligação, o elo místico que temos com as incontáveis Divindades que habitam a Terra e o Universo.

Lita Ford: Playing With Fire

 Por tudo que vocês, Mulheres, se veem obrigadas a tolerar ao longo de suas vidas, ainda assim triunfando em uma sociedade patriarcal como a que vivemos, só posso concluir uma única coisa: vocês são A Força primordial do Espírito Humano. O Rock Universe não apenas lhes deseja um belíssimo Dia Internacional da Mulher, como também agradece por vocês fazerem deste planeta um lugar um pouco mais suave, onde muitas vezes buscamos incansavelmente argumentos para seguir em frente, e vocês, ao abrirem um certo sorriso, nos dão todos os motivos de que precisamos.

 Quando um homem encontra essa tal mulher capaz de dar esse raro sorriso, de tornar sua vida plena de significados todos os dias, em alguns casos o cara monta uma banda, compõe uma música. Em outros, ele volta a ser poeta ou simplesmente cria um blog de Rock. 😉

Comments
  1. Solange says:

    …and long live rock’n roll’n love!

  2. Dan says:

    Porra! Inspiradasso!!!! Parabéns !! Texto simples, direto e maravilhoso!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s