Posts Tagged ‘Inferno Club’

6ª Rebel Rebel – João Suplicy e o Rock do João no Inferno Club

6ª Rebel Rebel - João Suplicy e o Rock do João

Dia 02/07, no Inferno Club, na 6ª edição da festa Rebel Rebel.

Aproveitando uma pausa na parceria com o irmão Supla na dupla Brothers of Brazil, João apresenta o show de seu novo projeto: João Suplicy e o Rock do João. Mesclando clássicos do Rock ‘n’ Roll, de Elvis Presley a Roberto Carlos, com ótimas composições próprias, ele é acompanhado por uma autêntica e experiente banda de Rockabilly e Boogie-woogie.

Além do próprio João (vocal, guitarra e violão), a banda conta ainda com Danyael Lopes (baixo acústico e vocais), Jeff Billy (bateria e vocais) e Jorge Cirilo (saxofone e vocais).
No palco eles vão fazer aquilo que mais sabem e que fica comprovado a cada show: energizar a audiência com o que há de mais original nas raízes do espírito do Rock.
Para completar a noite da apresentação, os DJs Rodrigo Branco (Kiss FM), Cadu Pelegrini (Kiara Rocks) Sammy Glitz e Humberto Luminati vão percorrer a história do Rock ao longo das décadas.

6ª Rebel Rebel – João Suplicy e o Rock do João no Inferno Club

Promoção da Rebel Rebel

SERVIÇO
Local: Inferno Club
Endereço: Rua Augusta, 501, Consolação, São Paulo.
Tel.: (11) 3120-4140.
Data: Sábado, 02/07, a partir das 23h30.
Lista até 1h: R$ 20,00 entrada ou R$ 40,00 consumo.
Lista após 1h: R$ 25,00 entrada ou R$ 50,00 consumo.
Lista: lista@infernoclub.com.br
Sem lista: R$ 30,00 entrada ou R$ 60,00 consumo
Camarote Open Bar R$ 70,00.
Reservas para Open Bar pelo e-mail: lista@infernoclub.com.br e no assunto: Open Rebel.
Promoções
Double Vodka: 23h30 – 1h
– Double Jager: 3h – 4h
– Aniversariante da semana + acompanhante são VIPs. Levando 15 convidados pagantes, ganha uma garrafa de vodka Skyy. Envie sua lista para lista@infernoclub.com.br até as 21h.
Sorteios
– Serão sorteados uma tatuagem e CDs, ao vivo no palco, entre todos que estiverem na festa.
Atenção: É proibida a entrada de menores de 18 anos (mesmo acompanhado dos pais). Necessária a apresentação de documento oficial original e com foto recente.

Inferno Club: http://www.infernoclub.com.br/
Facebook Rebel Rebel: https://www.facebook.com/RebelRebelRockParty/
Facebook Inferno Club: https://www.facebook.com/InfernoClube/

APOIO
KISS FM – Não Deixe o Rock Sair de Você
http://www.kissfm.com.br
OUI Comunicação – Assessoria
https://www.facebook.com/ouicomunicacao
Oval Tattoos
https://www.facebook.com/oval.ganesha
Black Rock Shop – CDs, DVDs, Vinis, Camisetas
http://www.blackrock.net.br

Advertisements

Rebel Rebel – 5ª edição da festa que vem agitando São Paulo no Inferno Club

Famoso pelas grandes festas e por ser um legítimo representante da boemia Rock N Roll da Rua Augusta, o Inferno Club segue firme fazendo jus à fama.

The Ace Of Spades Rock Party

Rodrigo Branco no Inferno Club

Com a participação dos DJs Rodrigo Branco (Rádio Kiss FM), Humberto Luminati, Sammy Glitz, Julia Bueno e Diego Barezi, a Rebel Rebel, já em sua 5ª edição, apresenta o melhor do Rock e do Pop dos anos 80, sem deixar de lado o melhor dos anos 60, 70, 90 e atualidades.

A Rebel Rebel viaja no tempo, passando por Ramones, James Brown, Sex Pistols, Iggy Pop, Joan Jett, Amy Winehouse, The Smiths, Talking Heads, Arctic Monkeys, Joy Division, A-Ha, The Cure, AC/DC, Kiss, Madonna, REM, Duran Duran, Red Hot Chili Peppers, New Order, Guns N Roses, Kaiser Chiefs, Camisa de Vênus, The Clash, Depeche Mode, Black Keys, Capital Inicial, Bon Jovi, Blondie, Green Day, U2, Michael Jackson e, obviamente, David Bowie entre muitos outros. São mais de quatro décadas de hits que marcaram a história da música.

Nesta edição da festa, além dos grandes sets com alguns dos melhores DJs de São Paulo, o Inferno Club leva para o palco a banda Rockin Stones, prestando um sensacional tributo aos Rolling Stones.

SERVIÇO
Local: Inferno Club
Endereço: Rua Augusta, 501, Consolação, São Paulo.
Tel.: (11) 3120-4140.
Data: Sábado (04/06), a partir das 23h30.
Lista até 1h: R$ 20,00 entrada ou R$ 40,00 consumo.
Lista após 1h: R$ 25,00 entrada ou R$ 50,00 consumo. lista@infernoclub.com.br
Sem lista: R$ 30,00 entrada ou R$ 60,00 consumo
Camarote Open Bar R$ 70,00.
Reservas para Open Bar pelo e-mail: lista@infernoclub.com.br e no assunto: Open Rebel.
Apoio: Rádio Kiss FM.
Promoções
– Double Vodka: 23h30 – 1h
– Double Jäger: 3h – 4h
– Aniversariante da semana e acompanhante são VIPs, e levando 15 convidados pagantes, ainda ganha uma garrafa de vodka Skyy. Lista para lista@infernoclub.com.br até as 21h.
Atenção: É proibida a entrada de menores de 18 anos (mesmo acompanhado dos pais). Necessária a apresentação de documento oficial original e com foto recente.

Fontes e Referências: 
OUI Comunicaçãohttps://www.facebook.com/ouicomunicacao/
Rebel Rebel: https://www.facebook.com/RebelRebelRockParty
Inferno Clubhttps://www.facebook.com/InfernoClube/

The Ace Of Spades Rock Party comemora, no Inferno Club, 1 ano de Rock no coração da Rua Augusta

É curioso ver algo feito na raça, na contramão comercial de tudo, pelo mais puro e simples amor ao Rock N Roll, completar 1 ano de existência. Rodrigo Branco, o criador da festa, eu já conhecia como DJ de outras festas e locutor da Kiss FM. Conversávamos raramente pelo Facebook, uma vez ou outra pessoalmente, e percebi que ele sempre me parecia empenhado em divulgar a cultura Rock, indo além dos clichês em suas discotecagens, incentivando também bandas autorais novas do Brasil. “Até onde ele está disposto a ir com isso?” eu me perguntava. A resposta não demorou muito: The Ace Of Spades Rock Party.

The Ace Of Spades Rock Party

The Ace Of Spades Rock Party

Também tem sido uma experiência incrível acompanhar isso de perto desde o começo, ainda no Spades Café SP. Não me lembro exatamente como aconteceu, mas quando surgiu a primeira edição, no começo de 2015, publiquei o primeiro de uma série de releases sobre a festa.
Acompanhei várias edições de perto, as 10 primeiras para ser exato e depois – por questões profissionais externas, como horários em meus empregos “convencionais” – algumas soltas aqui e ali, fosse escrevendo, divulgando, fotografando ou tudo isso junto.

The Ace Of Spades Rock Party

The Ace Of Spades Rock Party

 

Vivenciar isso de perto, seja do jeito que for, é algo que eu recomendo a qualquer um que deseje trabalhar na noite ou entender um pouco da dinâmica envolvendo casas, bandas, DJs e a vida na madrugada musical, ainda mais na cena Rock. Você acompanha os bastidores de muita coisa, desde questões técnicas, pessoais, musicais até os relatos finais após cada balada, com todos os seus altos e baixos.

Uma das coisas que aprendi – e eu sei que já falei isso em outras matérias – é que, a despeito de estilos, formas de pensamento, local de origem, é normal que os envolvidos tenham algum nível de paixão por aquilo, por estar ali, discotecando, se apresentando ao vivo com sua banda ou abrindo chance para mais uma iniciativa em seus bares. Existe sim uma demanda material, mas a premissa é ter tesão por toda essa loucura.

The Ace Of Spades Rock Party

The Ace Of Spades Rock Party

Desde a primeira edição, inaugurada pelos divertido e talentoso quarteto, Reverendo Frankenstein, mais de 50 bandas honraram a festa: Estiletes, Belfast, Aletrix, SUN, Mariachiis, Asteroides Trio, The Red Lights Gang, Antioxidante, H-521, Emicaeli, Misconducters, Kamboja, Filhos de Inácio, Donalaíde, Goatlove, Achromaline, Hummo, Stand Free, Sobre Amor e Outras Coisas e outras dezenas de bandas dispostas a fazer a diferença.

Pude assistir boa parte dessas bandas ao vivo na festa e não me arrependo, muito pelo contrário: pude constatar que entre todas as variações dentro do Rock, há MUITA gente capacitada para levar o legado adiante, acreditem.

Considerações feitas, vamos ao que interessa: hoje, 11/03, a The Ace Of Spades Rock Party comemora, Inferno Club, 1 ano de existência.

A festa conta com a presença dos DJs Joe Klenner (Glam Nation), Lady Rocker (Overdose Party), Arthur Cocev (Corazones Muertos), Rodrigo Branco (Kiss FM) e teremos 4 das bandas que fizeram parte da história da The Ace Of Spades Rock Party. Como se não fosse o bastante, vai rolar a participação mais que especial de Dean Jones, vocalista da banda inglesa Extreme Noise Terror, que vai fazer uma jam session com a Corazones MuertosO palco fica assim:

Reverendo Frankenstein – Adoro o som desses caras. Sabe quando uma banda claramente se prepara para o seu público nos mínimos detalhes? Trajados em suas roupas de padre (sim, você leu certo), com uma marcante presença de palco, carisma e bom humor, eles misturam Rockabilly, Surf Music e Punk Rock para dar vida a um Psychobilly divertido e empolgante. Conhecia pouca coisa antes de ver o primeiro show, há mais de 1 ano, mas depois disso, virei fã.

Sobre Amor e Outras Coisas – Essa foi uma grata surpresa. Não sabia ao certo o que esperar, eles seguem uma linha que não costumo acompanhar e, no final das contas, mostraram um som profundo, com identidade, cativante em letras e harmonias. Segundo eles próprios, suas influências são Britrock, Tropicália, Folk e música mineira. Conheci ao vivo e na mesma noite passei a gostar. Uma das coisas mais legais no Rock reside nessa pluralidade, em todas essas possibilidades que podem nos agradar se tivermos a dignidade de praticarmos o que pregamos na cena: não conhece? Então ouça! Foi assim que coloquei mais essa banda brasileira em minhas playlists.

Mariachiis – O que dizer desses sujeitos pra lá de simpáticos que conseguem uma liga perfeita entre peso, lirismo e criatividade? Eles têm algo em suas músicas que evidencia a música enquanto veículo da Arte. As temáticas se mesclam cirurgicamente entre letras, batidas e riffs que nos deixam entre a curtição e a reflexão. E isso é maravilhoso. Como eles mesmos dizem: “Poesias urbanas e harmonias criativas. Diversion y Fúria!”

Asteroide Trio – “Garage Rock, Rockabilly, Psychobilly, Punk Rock, Surf Music, Quadrinhos Alternativos,
Filmes B…” – Olha, se isso não é um convite ao bom gosto, não sei o que poderia ser. Entre influências musicais e de cultura pop, o trabalho do trio cumpre a proposta, fazendo um som perfeitamente calibrado com para quem gosta de dançar ao som de um Rock retrô.

Dean Jones + Corazones Muertos – Jam Session especial pra fazer o Inferno Club tremer!

The Ace Of Spades Rock Party

Ace

A comemoração da The Ace Of Spades Rock Party ainda homenageia aquele que inspirou a festa, o eterno ícone Lemmy Kilmister, do Motörhead: será o lançamento do drink Lemmy, novo nome oficial do Jack N Coke, sua bebida favorita que vai estrear no cardápio do Inferno Club e já com promoção de Double Lemmy de 0h a 1h.
Também vai rolar o sorteio de uma tatuagem na Oval Tattoo no valor de R$ 200,00.

Serviço
Endereço: Rua Augusta, 501, Consolação, São Paulo.
Tel.: (11) 3120-4140.
Data: Sexta (11/03), a partir das 22h.
Lista até 0h: R$ 20,00 entrada ou R$ 40,00 consumação.
Lista após 0h: R$ 25,00 entrada ou R$ 50,00 consumação.
E-mail: lista@infernoclub.com.br (Assunto: Ace Of Spades).
Sem lista: R$ 30,00 entrada ou R$ 60,00 consumação.
Camarote Open Bar: R$ 65,00 (Reservas: lista@infernoclub.com.br).
(Atenção: Camarote Open Bar com promoção limitada a 40 pulseiras)
Apoio: Rádio Kiss FM.
– Aniversariante da semana e acompanhante são VIPs, e levando 15 convidados pagantes, ganha uma garrafa de vodka Skyy. Lista para lista@infernoclub.com.br até as 21h.
18+: Proibida a entrada de menores de 18 anos e pessoas sem documento de identificação original oficial e com foto recente.

Mais sobre as bandas:
https://www.facebook.com/ReverendoFrankenstein/
https://www.facebook.com/mariachiis/
https://www.facebook.com/saeoc
https://www.facebook.com/AsteroidesTrio/
https://www.facebook.com/corazonesmuertosband/
https://www.facebook.com/extremenoiseterroruk/

Fontes & Referências
http://www.infernoclub.com.br/
https://brancojukebox.wordpress.com/
http://www.desapimentado.blogspot.com.br/2016/03/inferno-club-celebra-the-ace-of-spades.html
http://saopaulotimes.r7.com/sp/newsdino/?title=festa-resgata-o-rock-autoral-na-cena-paulistana&partnerid=1275&releaseid=69407
http://www.fenaj.org.br/releases.php?title=festa-resgata-o-rock-autoral-na-cena-paulistana&partnerid=41&releaseId=69407
http://www.midiapaulistana.com.br/release/exibirrelease?title=festa-resgata-o-rock-autoral-na-cena-paulistana&partnerid=8&Id=69407
http://portal.comunique-se.com.br/index.php?title=festa-resgata-o-rock-autoral-na-cena-paulistana&partnerid=33&option=com_dino2&releaseid=69407
https://www.mundodomarketing.com.br/index.php/dino/release?title=festa-resgata-o-rock-autoral-na-cena-paulistana&partnerid=65&releaseid=69407
http://www.mancheteexpressa.com.br/release/exibirrelease?title=festa-resgata-o-rock-autoral-na-cena-paulistana&partnerid=52&Id=69407
http://www.pautacarioca.com.br/release/exibirrelease?title=festa-resgata-o-rock-autoral-na-cena-paulistana&partnerid=9&Id=69407
http://www.nordestenews.com.br/release/exibirrelease?title=festa-resgata-o-rock-autoral-na-cena-paulistana&partnerid=6&Id=69407
http://primeoffer.com.br/dino/festa-resgata-o-rock-autoral-na-cena-paulistana-69407.html
http://pordentrodeminas.com/newsdino/?title=festa-resgata-o-rock-autoral-na-cena-paulistana&partnerid=1345&releaseid=69407
http://www.cartajornal.com.br/release/exibirrelease?title=festa-resgata-o-rock-autoral-na-cena-paulistana&partnerid=7&Id=69407
https://www.facebook.com/Oval-Tattoos-463514293832434

Rebel Rebel – Festa inspirada em David Bowie é sensação em São Paulo

Contando com a participação dos DJs Rodrigo Branco (Kiss FM), Sammy Glitz, Humberto Luminati, Diego Barezi e Angelo Malka, balada com nome de música emblemática de David Bowie é a nova aposta do Inferno Club, nas noites da Rua Augusta, em São Paulo.

DJ Rodrigo Branco na festa Rebel Rebel

DJ Rodrigo Branco na Rebel Rebel (Foto: Cauê Andruskevicius)

A proposta dos DJs da Rebel Rebel, que já está em sua segunda edição, é agitar a noite com o que há de melhor no Rock e no Pop dos anos 80, mas também dos anos 70, 90 e 2000.
Seus sets combinados cobrem sucessos de artistas consagrados, como Ramones, James Brown, Sex Pistols, Iggy Pop, Joan Jett, The Killers, Amy Winehouse, The Smiths, Talking Heads, Arctic Monkeys, Joy Division, A-Ha, The Cure, AC/DC, Kiss, Madonna, REM, Duran Duran, Red Hot Chili Peppers, New Order, Blur, Guns N Roses, Camisa de Vênus, Bad Religion, Black Keys, The Clash, Depeche Mode, Capital Inicial, White Stripes, Bon Jovi, Legião Urbana, Kings Of Leon, Blondie, Green Day, Jet, QOTSA, Ira!, Stray Cats, U2, Michael Jackson e, naturalmente, o ícone e inspirador da festa: o saudoso e genial David Bowie.

Esses são alguns sons que fazem parte do repertório da Rebel Rebel, abrangendo quatro décadas de hits que marcaram época na história da música. Nesta edição, a Rebel Rebel ainda apresenta ao vivo a Classical Queen, uma fantástica banda tributo dedicada ao legado inesquecível do Queen.

Serviço
Endereço: Rua Augusta, 501, Consolação, São Paulo.
Tel.: (11) 3120-4140.
Data: Sábado (05/03), a partir das 23h30.
Lista até 1h: R$ 20,00 entrada ou R$ 40,00 consumo.
Lista após 1h: R$ 25,00 entrada ou R$ 50,00 consumo.
lista@infernoclub.com.br
Sem lista: R$ 30,00 entrada ou R$ 60,00 consumo
Camarote Open Bar R$ 70,00.
Reservas para Open Bar pelo e-mail: lista@infernoclub.com.br e no assunto: Open Rebel.
Apoio: Rádio Kiss FM.
Promoções
– Double Vodka: 23h30 – 1h
– Double Jager: 3h – 4h
– Aniversariante da semana e acompanhante são VIPs, e levando 15 convidados pagantes, ainda ganha uma garrafa de vodka Skyy. Lista para lista@infernoclub.com.br até as 21h.
Atenção: É proibida a entrada de menores de 18 anos (mesmo acompanhado dos pais). Necessária a apresentação de documento oficial original e com foto recente.


Fontes & Referências

REBEL REBEL – Nova festa no Inferno Club

REBEL REBEL INFERNO CLUB

A mais nova festa da Rua Augusta terá sua primeira edição no próximo sábado, 13/02, no Inferno Club: Rebel Rebel.

No palco vai rolar a banda Footloose e nas pickups, os DJs Rodrigo Branco (Kiss FM), Sammy GlitzHumberto LuminatiKaren Bachega Diego Barezi se alternam nos sons dos anos 70, 80, 90 e 2000.

Ramones, James Brown, Sex Pistols, Iggy Pop, Joan Jett, The Killers, Amy Winehouse, The Smiths, Talking Heads, Arctic Monkeys, Joy Division, A-Ha, The Cure, AC/DC, Kiss, REM, Duran Duran, Michael Jackson, Red Hot Chili Peppers, New Order, Blur, Guns N Roses, Camisa de Vênus, Bad Religion, Madonna, Black Keys, The Clash, Depeche Mode, Capital Inicial, White Stripes, Bon Jovi, Legião Urbana, Kings Of Leon, Blondie, Green Day, Jet, QOTSA, Ira!, Stray Cats e U2 são alguns sons que fazem parte dos sets da Rebel Rebel. Tudo isso começa às 23 horas e segue madrugada adentro. Sim, sim, é claro que vão tocar David Bowie.

A festa é nova, a casa todo mundo já conhece e a proposta de bom gosto musical é a mesma de sempre. Informações sobre valores, camarote open bar, promoções para aniversariantes e preços especiais com nome na lista, diretamente na página do evento: https://www.facebook.com/events/1654322738168329/

Fontes & Referências1-1-12654158_165391763837287_3011615318369238652_n-001
Fanpage da Rebel Rebel: https://www.facebook.com/RebelRebelRockParty
Fanpage do Inferno Club: https://www.facebook.com/InfernoClube
Site do Inferno Club: http://www.infernoclub.com.br/

Live Metal Fest II: Como foi a Sexta-feira Santa no Inferno?

Quem passou a sexta-feira Santa no Inferno Club teve um experiência bastante válida. Por que? Pelo seguinte: Live Metal Fest II.

Um trabalho sério com 6 bandas autorais brasileiras. Metal do começo ao fim. Até então, das bandas que se apresentaram, eu só tinha assistido à Holiness ao vivo. Não vou mentir pra vocês, só tinha ouvido duas das outras cinco, não sou o maior fã de Metal mais extremo – que era o caso das mesmas – mas ainda assim preciso dizer: não fiquei nem um pouco desapontado. Muito pelo contrário.

Lotou? Não, não lotou. Infelizmente. Mas também não estava nem um pouco vazio. Quem esteve lá sabe muito bem do que estou falando. Evidente (ou não tão evidente) que ao longo do show tive muitos momentos reflexivos quanto à cena Rock do Brasil. Estrutura, apoio, divulgação, mentalidade do público… bem, um sem número de fatores que discutiremos nessa e nas próximas matérias.

Retomando o Live Metal Fest II, o que vimos foi o seguinte: bandas muito boas, músicos gabaritados e super empenhados, mas a parte da estrutura de som um tanto irregular por parte dos organizadores e da casa – que aliás, muito admiro, respeito e defendo.

Stefanie Schirmbeck Vocalista Holiness

Stefanie Schirmbeck

HOLINESS

A primeira banda foi a Holiness, a única que eu já conheço a fundo e sei de cabeça praticamente todos os arranjos. São grandes músicos, fato incontestável.

O que me deixou particularmente incomodado, foi constatar que a despeito da boa vontade e compromisso dos organizadores, o som quase comprometeu a apresentação da banda em vários momentos. Não em relação à execução, mas no que diz respeito à qualidade do equipamento de som disponível para as bandas. Não fossem Stefanie Schirmbeck (vocal), Cristiano Reis (bateria), Fabricio Reis (guitarra) e o novo baixista, André Martins, excelentes músicos, não teriam conseguido contornar tanto quanto possível os problemas do som em vários momentos. 

André Martins baixista da banda Holiness

André Martins

Cristiano Reis baterista da banda Holiness

Cristiano Reis

Fabricio Reis Guitarrista da banda Holiness

Fabricio Reis

Nessas horas vemos o quanto disciplina, horas e mais horas seguidas de estudos e ensaios separam amadores de profissionais. Ainda fico impressionado com o domínio, lucidez e a presença de palco da banda – e não é papo de fã, não.

Holiness no Live Metal Fest II

Holiness: Live Metal Fest II

 Aliás, como de costume Stefanie consegue “ler” e conduzir o público. Todos estavam longe do palco e ela não se fez de rogada, disparando logo após o final da primeira música: “(…) Está vazio aqui na frente, cheguem mais perto, galera!” – Timidez coletiva prontamente resolvida. Aquela menina pequena e delicada, além de uma tremenda voz (e que graças a isso conseguiu driblar o som precário por diversas vezes), tem mais ou menos uns 3 metros de altura em cima de um palco, ou seja, moral que não acaba mais.

HAMMATHAZ

Não tenho muitas fotos dessa banda. Na verdade, pude aproveitar apenas uma e não está lá essas coisas, mas por um motivo que me causou certo orgulho alheio: o público abriu uma roda bastante empolgada e eu não poderia disputar espaço com um câmera na mão. E isso me deixou muito feliz, acreditem.

Hammathaz no Live Metal Fest II

Hammathaz

O vocal abissal de Jr Jacques, somando-se a0s arranjos agressivos dos caras e mais uma quantidade razoável de fãs ensandecidos, pulando pra todo lado e de todo jeito são a fórmula perfeita para um show extremo no palco E fora dele – e tudo sem violência, ok? O Hammathaz pontuou muito bonito em todos os quesitos.

Forka no Live Metal Fest II

Forka: Live Metal Fest II

FORKA

 Eu achei que iria dar uma respirada, mas não rolou. Quando o pessoal do Forka pisou no palco, foi como se tivessem tocado o gongo novamente, reiniciando a luta.

Ronaldo Coelho vocalista do Forka

Ronaldo Coelho

Ronaldo Coelho trucidando o público nos vocais, peso de sobra, qualidade idem, todo mundo surtando, mas novamente o equipamento da casa começou a comprometer o bom andamento da coisa.

Forka no Live Metal Fest II, no Inferno Club

Forka: LMF II

A tal ponto, que após consecutivas reclamações da banda dirigindo-se à mesa de som, acharam por bem encerrar a apresentação um pouco antes do previsto. Ainda assim, mesmo com esses problemas, não posso falar que a performance dos caras foi menos do que impressionante.

Marcelo Carvalho da banda Trayce no Live Metal Fest II, no Inferno Club

Marcelo Carvalho

TRAYCE

 Essa banda foi muito bem recomendada por algumas pessoas do próprio público. Marcelo Carvalho é um vocalista a ser muito respeitado, seja ou não você um fã da banda. Mais um excelente trabalho que transpira peso, qualidade e garra, tendo o público na mão do começo ao fim.

 

Trayce no Live Metal Fest II, no Inferno Club

Trayce

Quanto mais eu conheço bandas, mais vejo que não conheço bandas o suficiente. Vocês, fãs e pensadores do Rock, poderiam fazer a mesma coisa e começar a frequentar festivais de qualquer porte, ao invés de ficar esperando eventos famosos trazerem suas bandas favoritas para um show pífio, caro e burocrático.

Clayton Bartalo no Live Metal Fest II, no Inferno Club

Clayton Bartalo

SCREAMS OF HATE

Olha, vou falar uma coisa pra vocês: Clayton Bartalo deve ser um dos maiores amantes de Metal Extremo que já tive a oportunidade de assistir ao vivo. Ele subiu ao palco acho que pelo menos duas vezes durante o Live Metal Fest II para dividir os vocais com outras bandas e vocalistas. E era notório que ele estava simplesmente adorando tanto quanto o público.

Screams Of Hate no Live Metal Fest II, no Inferno Club

Screams Of Hate

Quando falo de união dentro da cena Rock, é disso que estou falando. O sujeito deu o sangue pelo festival em forma de berros possessos. E a banda como um todo não deve nada a qualquer outra, largando a mão com uma precisão assombrosa.

Wash no Live Metal Fest II, no Inferno Club

Wash

COMMAND6

E quando eu tinha certeza que todos estavam exaustos e que eu não poderia me surpreender com mais nada, eis que surgem esses sujeitos comandados por Wash, um vocalista com ares de loucura e cujas qualidade técnicas só puderam ser rivalizadas pelo seu carisma e capacidade de se comunicar com o público.

Command6 no Live Metal Fest II, no Inferno Club

Command6

Essa banda assim como as outras, não brinca em serviço. Músicos talentosos, músicas furiosamente executadas e um palco que se apequenou para tamanho profissionalismo.

Festival fechado com Chave de Adamantium!

Command6

Command6

CONSIDERAÇÕES GERAIS

LMF II

LMF II

 O Live Metal Fest II é uma iniciativa fantástica e deve continuar, MAS, diante do fato de todas as bandas terem reportado problemas técnicos quanto ao retorno, é o caso de darem a devida atenção, uma vez que o público também observou questões quanto à irregularidade do som. Ouvi conversas na plateia, fiz perguntas aqui e ali junto ao público, e a despeito do bom feedback pela proposta e pelas ótimas bandas, seria bom darem uma pensada no que fazer para melhorar o som para público e para os músicos. Independente disso, quero deixar claro a todos que o Inferno Club é um lugar INCRÍVEL e mais do que recomendo que vocês conheçam e passem a frequentar cada vez mais; a casa já é referência nas noites de Rock de São Paulo há algum tempo.

Os organizadores do festival têm todo meu apoio pela coragem, pela ousadia e por darem a cara pra bater, apostando em um evento acessível ao público (R$ 20,00 por um dia inteiro) mas se eu realmente quero ajudar de alguma forma a fazer a coisa dar certo, não vai ser com falsos elogios e tapinhas nas costas que vamos esperar por melhoras.

No mais, parabéns às bandas e ao público presente. Espero que com iniciativas como essa, todos comecem a dar mais atenção ao trabalho de bandas autorais. Outro aspecto legal foi ter ouvidos comentários positivos de gente que não conhecia algumas bandas entre as músicas e após o evento. E é pra isso que servem os shows: para prestigiar e conhecer o trampo dos músicos.

Stefanie: Lady Holiness

Stefanie: Lady Holiness

Momento curioso: um garoto que estava mais ou menos perto de mim, ficou meio espantado por ter visto várias pessoas cantando junto com Stefanie, da Holiness. Ele olhava pra mim, olhava para outros fãs cantando e olhava para ela no palco novamente. Isso é bom para as pessoas caírem em si cada vez mais, refletindo sobre o que estão perdendo ao nunca terem ouvido bandas locais e/ou independentes. Não vejo problemas em que gostemos de ver bandas cover vez por outra, além daquelas consagradas na História do Rock. Vejo problemas quando as pessoas só querem ver as famosas lendas do Rock ao vivo, consideram bandas cover a salvação dos eventos e noites de Rock, mas depois reclamam que “não tem bandas novas boas no Brasil”. E quantas realmente conhecemos?

Listem mentalmente quais bandas nacionais de Rock (as recentes, por favor) vocês conheceram, ouviram ou assistiram nos últimos 12 meses e avaliem a si mesmos com honestidade. Saibam que vocês são os maiores responsáveis pelo renascimento ou pela morte da cena. Pensem nisso.

Fontes e Referências: http://www.infernoclub.com.br/

https://www.facebook.com/InfernoClube – https://www.facebook.com/livemetalfest

https://www.facebook.com/HolinessBrasil – https://www.facebook.com/hammathaz.brasil

https://www.facebook.com/ForkaOfficial – https://www.facebook.com/TrayceOfficial

https://www.facebook.com/screamsofhate – https://www.facebook.com/command6

Show do Mundo Cao no Inferno Club – 20/02

Mundo Cao: Show no Inferno

Respeitável público Rock de São Paulo: no dia 20/02, segunda-feira, o Hard Rock crítico, inteligente e divertido da banda Mundo Cao vai dar as caras no Inferno Club, uma das mais conhecidas e agitadas casas de show para quem curte um som de excelente qualidade.

Zeca Salgueiro (baixo/vocal), Fabio Gadel (guitarra/vocal) e Felipe Abdala (substituindo Ivan Busic na bateria) farão a semana de Carnaval valer a pena, principalmente para aqueles que não tem a menor afinidade com samba e derivados, e não abre mão jamais do bom e velho Rock ´N Roll!

Banda Mundo Cao Zeca Salgueiro, Fabio Gadel e Felipe Abdala

Mundo Cao (da esquerda para a direita): Felipe Abdala, Fabio Gadel e Zeca Salgueiro

Caso ainda não conheça a banda, publicamos um review completo do CD de lançamento dos caras em novembro de 2011: https://rockuniverse.wordpress.com/2011/11/13/mundo-cao-hard-rock-critico-e-acido-humano/

Ainda está na dúvida? Então aqui vai um aperitivo:

Maloqueiro Sem Futuro – Mundo Cao

Inferno Clubhttp://www.infernoclub.com.br/
Rua Augusta, 501 – Consolação
Tel. (11) 3120-4140

Fontes: Zeca Salgueiro & Mundo Cao -> https://www.facebook.com/bandamundocao
http://www.bandamundocao.com.br/