Posts Tagged ‘Religion and Spirituality’

Ouça aqui o single God Is Dead?, a nova música do Black Sabbath!

God Is Dead?

God Is Dead?

 Desde o título à própria capa, a música God Is Dead? faz referência explícita ao pensamento denso e antidogmático de Nietzsche – por um acaso, um dos meus filósofos favoritos.

 Achei a composição ótima, mas já deram início ao Muro das Lamentações do Rock, reclamando do andamento, duração, etc, etc e etc. Numa boa? Acredito que se essa mesma música tivesse sido composta e gravada nos anos 70, metade das pessoas não iria reclamar ou colocar defeitos. Sim, é preconceito mesmo. Não da parte de todos, mas de muita gente. 

A arte é de Heather Cassils e essa música estará no novo disco, batizado simplesmente 13. Ouça e tire suas conclusões.

God Is Dead? Black Sabbath

Fonte: http://www.youtube.com/user/OfficialSabbath

Alice Cooper – 18 Anos do Álbum The Last Temptation 

The Last Temptation

 O disco The Last Temptation – uma singela obra de Arte e Terror oferecida a nós pelo Mestre do Shock Rock, Alice Cooper – despejou uma quantidade de excelentes composições bem acima da média no mundo do Hard & Heavy. A despeito disso, na opinião de muitos fãs (e na minha, inclusive), não é um disco citado com a devida atenção e respeito.

 Lançado na véspera do Dia Mundial do Rock de 1994, o disco completa em 2012 (obviamente em 12/07/), joviais 18 anos de existência. São 10 faixas que provam que verdadeiros gênios podem se recriar por décadas: 1 – Sideshow; 2 – Nothing´s Free; 3 – Lost In America; 4 – Bad Place Alone; 5 – You´re My Temptation; 6 – Stolen Prayer; 7 – Unholy War; 8 – Lullaby; 9 – It´s Me e 10 – Cleansed By Fire.
 
 A formação da banda de Alice Cooper nesse disco, conta com o talento combinado de Stef Burns (guitarra), Greg Smith (baixo), Derek Sherinian (teclado), David Uosikkinen (bateria). Há também algumas participações especiais que acertaram em cheio: Don Wexler nas guitarras de Lost In America, John Purdell nos teclados de Lullaby, You’re My Temptation e It’s Me, além dos vocais estupendamente selvagens de Chris Cornell em Unholy War e Stolen Prayer.
 
 Todas as 10 músicas são excelentes e esse disco merece uma nota 9,95 – apenas para fugir do 10 absoluto. Agora chega de brincar de Rockpedia e vamos curtir um petardo da velha “tia” Alice. Rock On!

Nothing´s Free – Alice Cooper (Live Version)

Nothing´s Free – Alice Cooper (Studio Version)

 Escolhi postar duas versões da mesma música por trata-se de uma bela lição para pessoas que colocam preço em seu Caráter, sua Palavra e seu senso de Moral. Apesar das citações judaico-cristãs bastante evidentes em alguns de seus versos, fica igualmente evidente o conceito de Karma: tudo que vai, volta. Toda ação implica em reação. Tudo que fizermos sofre consequências, nessa ou em outra vidas. Nada fica por isso mesmo. Ninguém pode fugir de seus atos. Nada sai de graça. Em suma: Nothing´s Free.

Fontes e Referências: Coleção Particular & http://alicecooper.com/